Sexta, 16 de novembro de 2018
98 99107 8706
Entretenimento

19/06/2018 ás 12h01

87

Blog do Costa

São Luís / MA

Famosos repudiam vídeo machista de brasileiros na Copa :"Nojo"
Vídeo machista em brasileiros aparecem constrangendo uma estrangeira ganhou corrente de repúdio entre celebridades
Famosos repudiam vídeo machista de brasileiros na Copa :
Fernanda LIma ficou indignada com o vídeo. Reprodução

O vídeo em que brasileiros aparecem constrangendo uma estrangeira na Copa da Rússia com gritos sexistas foi criticado por várias celebridades nas redes sociais. Uma corrente de repúdio ao vídeo tomou conta da web e ganhou o coro de gente importante.


Nas imagens, a mulher, que aparenta não entender português, é rodeada por homens com a camisa da seleção brasileira. Eles gritam e pedem que ela repita a frase uma frase de baixo calão.


A atriz Bruna Linzmeyer compartilhou o vídeo, sem mostrar o rosto da mulher, e criticou o comportamento dos homens na imagem.


"Não é engraçado. É machismo. Misoginia. E vergonha. Muita vergonha", escreveu ela, usando as hashtags "Machismo na Copa" e "Não passarão".


"Que vergonha, Meu Deus", comentou a modelo Laura Neiva. A humorista Ingrid Guimarães pediu para que ela repassasse o vídeo. "Quero divulgar esses babacas".


A modelo Mariana Goldfarb também usou as redes para protestar. Em um post no Instagram, Mariana classificou o vídeo como "nojento".


 "Que vergonha, que nojo, que vergonha", escreveu Ícaro Silva. "Vergonhoso", criticou Danton Mello.


Para Débora Nascimento, o vídeo passa longe de ser uma 'brincadeira' : "Não é engraçado. É machismo!", diz a atriz.


Gaby Amarantos também bateu forte. “Que vergonha”, publicou Gaby Amarantos. “Inacreditável”, opinou Alice Wegmann


O vídeo machista viralizou - Reprodução


A apresentadora Fernanda Lima mostrou toda a sua indignação.


“Brincadeira de mau gosto de brasileiros na Rússia com uma mulher que sequer sabia o que estava repetindo. Não é engraçado. É machismo. Misoginia. E vergonha. Muita vergonha.“, escreveu em seu perfil.


Já Monica Iozzi recusou-se a postar o vídeo, mas se manifestou conta o ataque. “Me recuso a divulgar cenas que propaguem ódio, desrespeito, humilhação. Mas eu não conseguiria não falar sobre este vídeo horrendo. Constrangida por ver meu país sendo representado mundo afora por este tipo de gente. Indignada ao ver mais uma mulher sendo tratada com tamanho escárnio e desrespeito", escreveu ela.


 

FONTE: KEILA JIMENEZ - do R7.com

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium